Noções Básicas da Campanha Organizada – Sociedade Pathfinder (Segunda Edição)

Guia de Jogo da Sociedade Pathfinder (Segunda Edição) > Noções Básicas da Campanha Organizada
Versão Atual: 0.08
Data da Versão Atual 10/02/2020 – 22:00

A Sociedade Pathfinder é uma campanha mundial de RPG de fantasia que faz parte do programa de Campanha Organizada da Paizo. Nessa campanha, você desempenha o papel de um agente da Sociedade Pathfinder — uma lendária aliança de exploradores, arqueólogos e aventureiros que se dedicam a descobrir e registrar os maiores mistérios e maravilhas de um mundo antigo cercado por magia e maldade. A campanha se passa no mundo de Golarion e sua base é em Absalom — a assim chamada Cidade no Centro do Mundo — que se estende através do grande Mar Interior na montanhosa Ilha de Kortos. Um Pathfinder participa de diversas aventuras que variam de explorar becos escuros e intrigas políticas de Absalom até embarcar em viagens longínquas para os locais mais emocionantes no cenário dos Presságios Perdidos.

A Campanha Organizada da Sociedade Pathfinder utiliza o Pathfinder Segunda Edição. Este guia possui as informações necessárias para a sua participação nessa campanha dinâmica e empolgante. Bem-vindo à Sociedade Pathfinder!

O que é a Campanha Organizada?

Em uma campanha de Campanha Organizada, seu personagem se aventura em um cenário compartilhado com centenas de outros jogadores pelo mundo todo. Os jogos podem acontecer em qualquer lugar, incluindo casas, lojas de jogos, bibliotecas e convenções, ou até mesmo online. Depois, os participantes reportam os resultados de suas aventuras e, além de ganhar recompensas de campanha, também influenciam no destino do cenário Presságios Perdidos. Como parte da experiência da Campanha Organizada, é possível levar seus personagens para qualquer evento da Sociedade Pathfinder no mundo. Permitindo, assim, que seja simples participar de um jogo tanto com conhecidos quanto com desconhecidos. Depois de cada aventura, seus personagens ficam mais fortes e podem levar suas recompensas para a próxima aventura, mesmo que os jogadores e os Mestres de Jogo (MJ) sejam diferentes. A experiência da Campanha Organizada é singularmente imersiva, pois a diversidade de jogadores, MJs e personagens oferece uma profundidade incrível. A campanha também é uma ótima maneira de conhecer outros jogadores e jogar regularmente — diferente de um jogo mais tradicional, não há a necessidade de agendar um evento com apenas um grupo de pessoas.

Com o intuito de ajudar o programa da Sociedade Pathfinder a funcionar sem problemas em um ambiente de mundo compartilhado, a campanha possui algumas regras adicionais que garantem uma experiência igualmente justa para todos os participantes — não importa quem está jogando ou mestrando. Estas informações serão abordadas no restante deste guia.

A equipe da Campanha Organizada da Paizo supervisiona o conteúdo da campanha e seus membros incluem o Gerente de Campanha Organizada, o Desenvolvedor Líder de Campanha Organizada, os Desenvolvedores da Sociedade Pathfinder e o representante de design da Sociedade Pathfinder. Os voluntários, chamados de Oficiais-de-Ventura facilitam a campanha coordenando jogos em todo o mundo.

Favor ler o Guia de Início Rápido, para ter uma visão geral da campanha e como funciona a criação de personagens. Consulte o restante deste Guia para mais detalhes. Se possuir alguma pergunta, encaminhe-a (em inglês) para o Gerente de Campanha Organizada em organizedplay@paizo.com ou procure o Oficial-de-Ventura de sua região.

Rótulos de Cenário

Os Rótulos são marcações que aparecem tanto na página de produto de um cenário quanto na página que fornece informações importantes sobre o conteúdo do cenário.

Exclusivo: Os cenários com este rótulo devem ser realizados em um ambiente específico ou por um determinado grupo de MJs do Pathfinder. Voluntários ilustres que realizaram muitas sessões da Sociedade Pathfinder, MJs mestrando um cenário exclusivo em uma grande convenção ou um membro da equipe da Paizo são exemplos de pessoas que podem usar este tipo de cenário. Os cenários com este rótulo possuem regras específicas para considerar quem está apto a utilizá-los e onde eles podem ser utilizados, além de outras considerações para determinar quem está apto a receber créditos

Facção: Os cenários com este rótulo listam uma ou mais facções associadas — por exemplo: “Facção (Aliança dos Emissários)”. Este rótulo normalmente corresponde a cenários com prêmios adicionais de Reputação para as facções relacionadas.

Glifo: Os cenários com este rótulo contribuem com uma das maneiras pelas quais os MJs podem receber 5 Glifos.(Veja  Glifos de MJ)

Repetível: Os cenários com este rótulo podem ser jogados uma quantidade ilimitada de vezes (mas apenas uma vez por personagem). Os MJs recebem outra ficha de Crônica cada vez que mestrarem em um cenário com este rótulo, mas podem atribuir crédito somente uma vez para um determinado personagem.

Tipos de Aventuras

São utilizados diversos tipos de aventuras na campanha da Sociedade Pathfinder.

Missões da Sociedade Pathfinder: Aventuras curtas escritas para a Sociedade Pathfinder com a intenção de durar aproximadamente 1 hora.

Cenários da Sociedade Pathfinder: O tipo de aventura mais comum escrita para a Sociedade Pathfinder; normalmente duram cerca de 4 a 5 horas.

Trilhas de Aventura de Pathfinder: São campanhas longas que consistem em vários volumes de aventura e geralmente precisam de dezenas de sessões para ser concluídas. As Trilhas de Aventura são publicadas para um público mais amplo do que o da Sociedade Pathfinder, portanto, essas aventuras normalmente incluem um pequeno documento necessário para sancionar cada aventura. Esse documento, que precisa ser baixado no site oficial do produto, detalha todas as considerações especiais para que a aventura possa ser sancionada e utilizada em uma Campanha Organizada, assim como disponibiliza as fichas de Crônica para os volumes individuais. As Trilhas de Aventura geralmente podem ser utilizadas no Modo Campanha, modo esse que não utiliza as regras da Sociedade Pathfinder e permite que o MJ modifique livremente os encontros e a história, mas que ainda concede uma ficha de Crônica.

Aventuras Pathfinder: São livros de aventuras grandes e independentes que normalmente levam várias sessões para serem concluídos. Assim como as Trilhas de Aventura, as Aventuras Pathfinder são projetadas para um público mais amplo e, portanto, possuem um pequeno documento necessário para sancionar cada aventura assim como as Trilhas de Aventura.

Ranques e Sub-ranques

Os Cenários da Sociedade Pathfinder são projetados para que jogadores de diversos níveis possam participar juntos de uma determinada aventura. Cada cenário possui uma faixa de ranque, e muitos possuem uma faixa de sub-ranque. Por exemplo, um cenário de Ranque 1–4 possui sub-ranques 1–2 e 3–4. Os ranques indicam quais níveis de personagem são permitidos em um determinado cenário. Se o nível do PJ não se enquadrar no ranque, o personagem não poderá jogar naquele cenário.

No futuro, alguns eventos especiais terão mais de dois ranques. Para cenários com mais de dois ranques, não é permitido que dois PJs, em uma mesma mesa, possuam mais do que 1 ranque de diferença entre eles. Por exemplo, em um cenário com Ranque 1–6 e Sub-ranques 1–2, 3–4 e 5–6, PJs de níveis 1–4 podem jogar juntos, assim como os PJs de níveis de 3–6. Porém, um personagem de nível 1 e um personagem de nível 6 não podem jogar na mesma mesa, já que um PJ de 1º nível provavelmente será ineficaz contra os desafios apropriados para PJs de 5º e 6º níveis, podendo até causar a morte do personagem.

Tamanho de Mesa Válido

Quatro jogadores é o mínimo necessário para uma sessão da Sociedade Pathfinder. O número máximo recomendado é de seis jogadores. Em casos nos quais não é possível acomodar quatro jogadores, o MJ pode fazer uma mesa com três jogadores e controlar um personagem pronto de nível apropriado (ou delegar essa função aos jogadores). Dessa forma, o número mínimo de quatro PJs será atendido. Personagens icônicos prontos estão disponíveis para o 1º e 5º níveis. Personagens prontos de outros níveis serão disponibilizados no futuro.

Se sete jogadores aparecerem em um evento, o MJ deve considerar adicioná-lo à mesa em vez de recusá-lo. É necessário que o MJ verifique com os jogadores antes de adicionar um sétimo jogador, pois as mesas com sete pessoas tendem a não deixar as aventuras desafiadoras e também limitam a quantidade de tempo que cada jogador teria para protagonizar durante o cenário.

As mesas não devem ter oito ou mais jogadores. Se oito jogadores aparecerem em um evento e houver outras mesas estiverem disponíveis, verifique se um dos jogadores pode atuar como MJ em vez de como PJ.

Antes da Aventura

Ao se sentar para participar de um jogo, reserve um tempo para se apresentar e determinar qual dos seus personagens no ranque da aventura será utilizado. O MJ passará uma lista de presença para que o nome, nível e facção de seu personagem e sua Identificação de Campanha Organizada sejam registrados. Durante este período, é preciso decidir entre a Progressão Padrão ou Lenta.

Pontos de Heroísmo

No começo de uma aventura, cada jogador recebe 1 Ponto de Heroísmo. MJs podem distribuir Pontos de Heroísmo adicionais durante a sessão em reconhecimento aos feitos dos personagens, à razão de aproximadamente 1 Ponto de Heroísmo por hora de jogo. Ao distribuir Pontos de Heroísmo, procure não conceder a maioria dos pontos a um único jogador.

Os jogadores que já possuírem Glifos de MJ podem distribuir um Ponto de Heroísmo adicional ao começo de uma aventura, quando os benefícios são equipados. Porém, não é permitido que um jogador receba mais de 1 Ponto de Heroísmo dessa maneira por aventura. Veja Recompensas de Glifo de MJ.

Um Personagem por Aventura

É permitido ter quantos personagens ativos quiser na Sociedade Pathfinder. No entanto, apenas um personagem pode ser usado durante uma aventura específica. Se for necessário um quarto personagem para atender ao número mínimo de personagens por mesa, ele deverá ser um personagem pronto. O MJ poderá indicar um jogador específico para jogar com o personagem pronto (que controlará tanto esse personagem como seu próprio personagem) ou poderá permitir que o grupo como um todo controle as ações dele.

Repetindo Aventuras

A maioria dos cenários é feita para ser jogado apenas uma vez. É possível receber uma ficha de Crônica para uma determinada aventura duas vezes: uma por jogar a aventura e outra por participar da mesma aventura como MJ. Apesar de receber apenas uma ficha mesmo se participar várias vezes, sua classificação e recompensas de Glifo aumentam para cada vez que atuar como MJ. A seguir são apresentadas as exceções nas quais um jogador pode jogar uma aventura novamente (ou um MJ pode receber uma ficha de Crônica mais de uma vez).

Repetição com Glifo (jogador e MJ): Um participante da campanha que já tenha recebido um ou mais glifos por ter narrado uma aventura pode receber crédito por uma vez adicional, tanto como jogador quanto como MJ. É permitido que um participante jogue novamente uma dessas aventuras por glifo recebido. Dessa forma, recompensas futuras permitirão que os participantes usem seus glifos recebidos para jogar uma aventura novamente.

Tamanho Mínimo da Mesa (jogador): É possível jogar uma aventura novamente para ajudar um grupo a chegar ao número mínimo de três jogadores.

Notifique o MJ: Informe ao MJ caso já tenha participado da aventura como jogador ou Mestre de Jogo. Embora um MJ deva se esforçar e ser flexível para acomodá-lo e formar uma mesa pelo menos três jogadores, ele possui o direito de negar a sua participação caso fique desconfortável em narrar para jogadores com conhecimento prévio da história.

Sem Spoilers: Quando estiver jogando uma aventura novamente, evite dar contar o enredo ou usar informações privilegiadas para afetar o jogo. Fazer uma dessas coisas pode ser motivo para o MJ removê-lo da mesa. No geral, é importante separar seu conhecimento como jogador do conhecimento do personagem. Se não souber como proceder, converse com o MJ em particular para determinar a melhor forma de agir.

Recompensas: Ao jogar uma aventura novamente para ajudar com o número mínimo de jogadores, você não receberá recompensas. O MJ fornecerá uma ficha de Crônica que não concede recompensas (incluindo peças de ouro, Pontos de Experiência, Fama, Reputação e benefícios). Contudo, registre todos os itens usados e o ouro gasto na ficha de Crônica. Isso é uma exceção à restrição de que não se deve atribuir mais de uma ficha de Crônica a um determinado personagem.

Rótulo Repetível (jogador e MJ): Algumas aventuras possuem o rótulo Repetível, que indica que aquela aventura concede recompensas e uma ficha de Crônica para cada vez que for jogada ou narrada. Porém, um personagem não pode receber crédito por um determinado cenário repetível mais de uma vez.

Recompensas Especiais

A campanha concede diferentes recompensas para os jogadores e MJs por participarem dos vários programas da Sociedade Pathfinder.

Pontos de Realização: Os participantes dos jogos da Sociedade Pathfinder recebem Pontos de Realização (PR), uma moeda online que pode ser usada para comprar recompensas especiais, como o acesso a ancestralidades, itens, magias e outros elementos incomuns. A quantidade de pontos depende do tamanho da aventura e do evento onde está sendo jogada. Um evento Padrão é jogado em residências ou em locais públicos. Um evento Exclusivo é jogado em muitas convenções e eventos especiais designados pelo Coordenador-de-Ventura Regional. Um evento Exclusivo Plus é jogado em programas especiais (como as convenções Gen Con, Origins e PaizoCon). Nesses locais, a Sociedade Pathfinder possui uma forte presença e frequentemente inicia grandes aventuras.

AventuraParticipanteEventoPR Recebidos
MissãoJogadorPadrão1
MissãoJogadorExclusivo1
MissãoJogadorExclusivo Plus1,5
MissãoMJPadrão2
MissãoMJExclusivo Plus3
CenárioJogadorPadrão4
CenárioJogadorExclusivo5
CenárioJogadorExclusivo Plus6
CenárioMJPadrão8
CenárioMJExclusivo10
CenárioMJExclusivo Plus12

No futuro, será possível trocar seus Pontos de Realização por recompensas. Ao comprar uma recompensa, é necessário atribuir o benefício a um de seus PJs, e esse benefício preencherá automaticamente a ficha de Crônica especial com seu número de Campanha Organizada e o número de seu personagem.

Pontos de Playtest (aventuras playtest): Os jogadores e os MJs não receberam fichas de Crônica quando jogaram as 11 aventuras do playtest durante o período de teste do Pathfinder Segunda Edição. Em vez disso, cada participante ganhou alguns Pontos de Playtest. Esses pontos podem ser resgatados na sua conta de Campanha Organizada no site da Paizo. As recompensas incluem benefícios de Uso Limitado, a possibilidade de começar um personagem de nível 2 ou 3 (para refletir o tempo gasto jogando) e outros benefícios menores.

Como o período de playtest acabou, atualmente não é possível ganhar Pontos de Playtest adicionais.

Biografias Legado (campanha preexistente): Apesar dos personagens da campanha da Primeira Edição não poderem ser usados na campanha atual da Sociedade Pathfinder, suas conquistas podem moldar os mais novos aventureiros da Sociedade. Um jogador consegue uma Biografia Legado para cada uma das 11 temporadas da campanha da Primeira Edição das quais tenha completado cinco ou mais cenários. Essas biografias são exclusivas para a campanha da Sociedade Pathfinder e, uma vez adquiridas, podem ser usadas por todos os personagens. Veja Biografias Legado.

Outras Recompensas: A Campanha Organizada da Sociedade Pathfinder periodicamente libera prêmios adicionais para eventos especiais. Os mais comuns entre eles são os prêmios de caridade e consistem em benefícios dentro do jogo que são enviados para eventos de caridade autorizados para ajudar a arrecadar dinheiro para boas causas.

Depois da Aventura

Ao completar uma aventura da Sociedade Pathfinder, você receberá uma ficha de Crônica que acompanhará suas realizações e recompensas. Os próximos passos são um resumo das informações que aparecem em uma ficha de Crônica e como isso influência o seu personagem.

Velocidade de Progressão

Os personagens da Sociedade Pathfinder podem escolher entre duas velocidades de progressão, permitindo que eles ganhem níveis e recompensas mais rápido ou que diminuam seu progresso (para prolongar a carreira de um personagem ou permitir que novos jogadores consigam alcançar esse progresso, por exemplo). É completamente possível que dois PJs usem velocidades de progressão diferentes sem nenhuma influência no jogo. No início de uma aventura, você escolhe qual das duas velocidades de progressão deseja usar.

Progressão Padrão: Você recebe o total das recompensas de XP, PO, Recesso, Fama e Reputação adquiridos na aventura.

Progressão Lenta: Você recebe metade das recompensas de XP, PO, Recesso, Fama e Reputação adquiridos na aventura.

Pontos de Experiência

Cada vez que jogar uma aventura, seu personagem receberá Pontos de Experiência (XP). Normalmente, é recebido 1 XP por completar uma missão, 4 XP por completar um cenário e até 12 XP por completar os volumes sancionados das Aventuras Pathfinder ou Trilhas de Aventura. Para cada 12 XP que receber, seu personagem avança 1 nível. Uma vez alcançada a quantidade de XP necessária, não é possível atrasar o avanço do nível de seu personagem.

Fama e Reputação

Em cada aventura, os PJs podem aumentar seu renome pessoal e sua posição dentro de uma facção, representados por Fama e Reputação. Fama é uma espécie de moeda social que permite seu personagem pedir favores e assistência. Reputação é uma medida de quão influente seu personagem é em uma facção específica e, quanto mais alta sua pontuação, mais poderosas são as maneiras que uma facção pode ajudá-lo. Seu personagem possui uma pontuação diferente para cada facção.

A quantidade de Fama e Reputação que seu personagem recebe em uma aventura depende de quão bem os objetivos principais e secundários dessa aventura foram cumpridos. Os objetivos principais normalmente representam a missão principal dada por um capitão-de-ventura ou outro PdM influente. Os objetivos secundários podem ser explicitamente declarados ou incluir oportunidades que os PJs talvez descubram durante o jogo. Esses objetivos geralmente envolvem ir além dos objetivos principais (como recuperar as três relíquias e não apenas as duas mínimas), fortalecer o status da Sociedade com um grupo importante, agir com profissionalismo ou completar a missão principal sem danificar locais importantes indevidamente.

Uma missão concede até 1 de Fama e 1 de Reputação. Um cenário concede até 4 de Fama e 4 de Reputação, embora cenários com a identificação de Facção normalmente deem a oportunidade de se receber Reputação adicional na respectiva facção. Os volumes sancionados das Aventuras Pathfinder ou das Trilhas de Aventura normalmente concedem até 12 de Fama e 12 de Reputação.

Recesso

Após cada aventura, seu personagem recebe Recesso, uma medida do tempo adicional que ele possui entre aventuras. Uma missão concede 2 dias de Recesso, um cenário concede 8 dias e uma Aventura Pathfinder ou Trilha de Aventura sancionada normalmente concedem 24 dias de Recesso cada. Se o seu personagem for um agente de campo comissionado  (se ele não tiver treinado com as Escolas Pathfinder de Encantamentos, Escritos e Espadas ), eles recebem 50% a mais de Recesso, sendo 3, 12 e 36 dias, respectivamente.

O Recesso pode ser usado de diversas maneiras, incluindo para Manufatura, Ganhar Provento e opções de retreino no Pathfinder Livro Básico. O Recesso precisa ser usado ao final de cada sessão, ou então é expirado, ou seja, não pode ser guardado para uso posterior. (Veja Recesso.) No entanto, os jogadores podem usar o Recesso para começar ou continuar uma atividade (como Manufaturar um item) que requeira o Recesso de várias aventuras até que ela seja terminada.

Tesouro

Diferente de um jogo tradicional no qual os PJ dividiriam os itens mágicos e outros tesouros entre eles, a Sociedade Pathfinder concede a cada PJ uma parte das peças de ouro com base em seus respectivos níveis (veja Pacotes de Tesouro). Em vez de dividir os itens mágicos de maneira desigual, os PJs possuem acesso igualitário ao tesouro encontrado, representado pelos itens listados na ficha de Crônica; basta comprar os itens utilizando o ouro acumulado que seu personagem possuir. Ao final de uma aventura, o MJ descarta todos os itens que não foram encontrados pelos PJs.

Orientações de Compra

É sempre possível comprar os itens a seguir, desde que você esteja em um assentamento de pelo menos 5.000 habitantes (permissões ou limitações adicionais podem ser fornecidas pelos cenários):

  • Qualquer equipamento comum com nível de item igual ou inferior ao nível do seu personagem (mínimo 2) que pertença a conteúdos sancionados.
  • Qualquer equipamento incomum com nível de item igual ou inferior ao nível do seu personagem (mínimo 2) que pertença a conteúdos sancionados; seu personagem precisa ter acesso a esse equipamento incomum para cumprir com as condições de Acesso.
  • Qualquer equipamento, listado na ficha de Crônica do seu personagem, com nível de item igual ou inferior ao seu nível de personagem + 2. Alguns itens encontrados nas fichas de Crônica só podem ser comprados uma quantidade limitada de vezes. Armas e Armaduras encontradas nas fichas de Crônica são melhoradas seguindo as regras normais de melhoria. 
  • Qualquer item ou serviço comprados com Fama.

Observe que acumular Infâmia reduz o nível efetivo de um personagem ao comprar equipamento (veja Infrações de Infâmia e de Tendência).

Criando e Transferindo Runas

A Sociedade possui um especialista na Grande Loja que é capaz de aplicar ou trocar runas para agentes da Sociedade Pathfinder que se encontrem em bons termos. O serviço é gratuito e não requer nenhum teste, mas não está disponível no meio de uma aventura, apenas antes dos benefícios serem equipados ou quando a aventura é finalizada.

Fichas de Crônica e Registros

Após completar uma aventura da Sociedade Pathfinder, os jogadores e o MJ receberão fichas de Crônica. As fichas de Crônica registram o que aconteceu durante a aventura, assim como as recompensas que o personagem recebeu — como XP, ouro e Reputação. Uma ficha de Crônica de personagem registra tudo que o personagem faz durante a sua carreira. A ficha de Crônica é uma maneira padronizada de acompanhar o progresso de cada personagem e permitir que eles sejam utilizados em jogos com MJs diferentes em diversos eventos pelo mundo.

Preenchendo uma Ficha de Crônica

Image of a Chronicle Sheet for reference

As seções de uma ficha de Crônica são detalhadas abaixo. As seções marcadas com um asterisco (*) incluem alguns elementos que os MJs devem preencher ou pedir aos jogadores que preencham antes de deixarem a mesa. Os jogadores podem preencher as outras seções entre as sessões do jogo. Mais informações sobre as referências de recompensas que aparecem nessa seção estão em Recompensas de Jogador.

  1. Nº de Crônica de Personagem: Os jogadores usam esta seção para numerar as fichas de Crônica como preferirem para ajudá-los a acompanhar suas aventuras.
  2. Código Herolab: No futuro, este código permitirá uma maior integração entre as fichas de Crônica recebidas e o programa de criação de personagens HeroLab.
  3. Nome do Jogador*: O nome do jogador é colocado nesta seção.
  4. Nome do Personagem: O nome do personagem que receberá crédito por essa aventura é colocado nesta seção.
  5. de Campanha Organizada *: O número da Campanha Organizada do jogador é colocado aqui. O Número de Identificação da Campanha Organizada (Organized Play ID) de um jogador é o mesmo para a Sociedade Pathfinder, Sociedade Pathfinder Primeira Edição, Sociedade Starfinder e Sociedade de Aventuras em Cartas Pathfinder.
  6. Nº de Personagem *: Os números dos personagens da Sociedade Pathfinder começam com 200-, e são seguidos pelo número que representa a ordem em que o jogador registrou o personagem (2001 para o primeiro personagem, 2002 para o segundo, e assim por diante).
  7. Reputação da Facção*: Esta seção registra as facções nas quais o personagem recebeu Reputação e quanta reputação foi recebida.
    Instruções ao MJ: Pergunte a cada jogador qual facção ele escolheu para defender nesse cenário. Observe que alguns cenários concedem Reputação adicional para uma facção específica. Coloque as facções e a reputação recebida nesta seção.
  8. Resumo da Aventura*: Esta seção fornece um breve resumo dos eventos da aventura.
    Instruções ao MJ: Algumas vezes, esta seção possuirá caixas de seleção para representar as escolhas do jogador. Elas precisam ser registradas antes dos jogadores deixarem a mesa.
  9. Benefícios*: Esta seção lista os benefícios especiais que um personagem recebeu e que podem ser usados em aventuras futuras.
    Instruções ao MJ: A seção de Recursos do MJ do cenário descreve como os jogadores ganham os benefícios listados na ficha de Crônica. Descarte qualquer benefício que os jogadores não receberem.
  10. Itens*: Os itens desta seção podem ser usados desde que seu nível não ultrapasse o nível do personagem + 2; porém, é importante que os personagens não tenham adquirido infâmia (veja Infrações de Infâmia e de Tendência).
    Instruções ao MJ: Descarte qualquer item que os jogadores não receberem durante o cenário. Exceto se a seção Recursos do MJ especificar o contrário, os jogadores perdem o acesso a um item apenas se não receberem o pacote de tesouro correspondente a esse item.
  11. Compras*: Esta seção registra os itens que os personagens compram ou vendem, assim como as condições que eles recebem ou eliminam. Os jogadores possuem a liberdade de comprar e vender itens entre as sessões. Se o seu personagem comprar ou vender itens suficientes para ficar sem espaço na ficha de Crônica, é possível continuar a lista no verso da sua ficha, ou simplesmente listar todos os itens no verso, e anotar o valor total na caixa correspondente.
    Instruções ao MJ:  Se o personagem recebeu ou eliminou alguma condição que, de outra forma, continuaria na próxima aventura, anote-as nas seções correspondentes.
  12. Recompensas*: Esta parte acompanha as recompensas que o PJ recebe durante a sessão e totaliza as que eles possuem ao final de cada uma. Desde que as recompensas recebidas sejam registradas, é permitido que os jogadores façam as contas entre as sessões.
    Instruções ao MJ: Preencha os seguintes campos antes do final da sessão: XP Ganhos, PO Ganhos, Proventos Ganhos, PO Gastos e Fama Ganha.
  13. Anotações: Esta seção serve para tudo que os jogadores ou o MJ quiserem registrar e que ainda não foram representados na ficha da Crônica.
  14. Recesso*: Use esta seção para registrar quanto tempo de Recesso seu personagem recebeu pela aventura e como ele foi gasto.
    Instruções ao MJ:
    Certifique-se de finalizar todas as atividades de Recesso que exijam um teste antes dos jogadores deixarem a mesa. Se uma atividade que não necessita de teste for escolhida, o jogador registrará o que está fazendo na ficha e usará o tempo entre as sessões para a resolução total dos efeitos desta mesma atividade. Por exemplo, um jogador que quiser retreinar um talento deve especificar na ficha qual talento está sendo retreinado para, entre as sessões, decidir qual talento o substituirá.
  15. Informações do Mestre de Jogo: O nome e o código do evento são encontrados na página do evento em paizo.com. Se estiver apresentando seus próprios eventos, esta informação já será conhecida. Se outra pessoa estiver organizando o evento, ela deve fornecer estes detalhes. Esta seção também inclui a data do cenário, além do número de Campanha Organizada e assinatura do MJ.
    Instruções ao MJ: Preencha todas estas seções. Somente você pode fornecer a sua assinatura, mas pode deixar os jogadores preencherem as outras informações se assim desejar.

Atribuindo Fichas de Crônica após o Término da Sessão

Há dois motivos principais pelos quais alguém pode atribuir uma ficha de Crônica fora de uma sessão. MJs provavelmente o farão em vez de preencher tudo na mesa. Principalmente se estiverem mestrando vários jogos no mesmo dia ou se não dispuserem do personagem que receberá crédito pelo cenário. O segundo motivo para isso acontecer se deve a cenários jogados por personagens prontos. Depois de jogar um cenário com um personagem pronto, é possível esperar o personagem que receberá o crédito pelo cenário chegar a um nível apropriado.

Em ambos os casos as fichas de Crônica atribuídas posteriormente concederão Recesso. Ao finalizar os efeitos de Recesso, como determinar os bônus que o personagem possui para os testes de Ganhar Provento e quais itens podem ser manufaturados, utilize o nível do personagem no momento em que atribuir a ficha de Crônica.

Exemplo: Aubrey é uma MJ. Durante uma convenção, ela mestra quatro cenários e atribui todos eles a um mesmo personagem, Kyralos. Antes de todas essas fichas de Crônica, Kyralos tinha acabado de chegar ao nível 3. Aubrey atribui uma ficha de Crônica de cada vez. Ela quer gastar todo o seu Recesso para Ganhar Provento, usando seu Saber de Escrita. Para as três primeiras fichas de Crônica, Kyralos é nível 3 e possui +5 de bônus de Saber de Escrita. Ela não possui nenhum benefício ou recompensa especiais que possam ajudá-la a encontrar tarefas, mas sempre encontra tarefas que não ultrapassem o seu nível – 2, conforme descrito na seção Recesso deste guia. Então, Kyralos encontra três tarefas de nível 1 e rola três testes de Saber de Escrita CD 15 (a CD padrão para uma tarefa de nível 1, conforme página 503$ do Pathfinder Livro Básico). Para sua próxima ficha de Crônica, Kyralos será nível 4. Aubrey evolui Kyralos para o nível 4, o que aumenta seu bônus de Saber de Escrita para +6, permitindo que ela sempre encontre tarefas de nível 2. Agora, Aubrey rola um teste CD 16 com +6 de bônus. Embora suas chances de sucesso sejam as mesmas nesse segundo exemplo, a tarefa de nível 2 permite que Kyralos ganhe mais dinheiro.

Padrões da Comunidade

A Sociedade Pathfinder é um evento social inclusivo aberto a todos. Nossa intenção é que todos apreciem jogar em um ambiente seguro e divertido. Embora possam surgir conflitos entre os personagens, em nenhum momento um jogador deve se sentir excluído ou ameaçado na mesa. Pedimos a todos os participantes que respeitem seus companheiros jogadores e que trabalhem juntos para criar experiências positivas e memoráveis. Para esse fim, reservamo-nos o direito de recusar a participação de qualquer pessoa por conduta ilegal ou inapropriada. Todas as recusas de participação devem estar acompanhadas do motivo, duração da recusa e os critérios para entrar nas atividades da Sociedade Pathfinder novamente.

Condutas inapropriadas incluem, mas não estão limitadas, as seguintes atividades: uso excessivo de palavras de baixo calão, agressão ou intimidação física ou verbal, conduta lasciva, contato físico inapropriado, atenção sexual indesejada, calúnia, perseguição e assédio ou discriminação com base em gênero, identidade e expressão de gênero, idade, orientação sexual, deficiência, aparência física, tamanho corporal, raça, etnia ou religião.

As reclamações quanto a esta política devem ser encaminhadas ao Organizador do Evento ou ao Oficial-de-Ventura que trabalhará para resolver o problema ou encaminhá-lo para o próximo nível de Oficial-de-Ventura. Se estiver insatisfeito com a capacidade dos Oficiais em solucionar o problema ou se um Oficial-de-Ventura estiver envolvido no problema, é possível encaminhar o problema para um nível superior por conta própria. Como alternativa você pode se reportar ao Gerente de Campanha Organizada (GJO) via e-mail em organizedplay@paizo.com. Essas questões serão resolvidas no nível mais baixo possível. Em caso de evolução, o GJO é o árbitro final de qualquer disputa decorrente da aplicação desta política.

Nada nesta política visa desencorajar qualquer pessoa a chamar a polícia ou outras organizações apropriadas. Os organizadores do evento ou os Oficiais-de-Ventura estão disponíveis para ajudar os participantes a entrar em contato com a polícia local, fornecer escoltas ou dar apoio aos que sofrerem assédio para que se sintam seguros durante o evento. Nós valorizamos a sua presença.

Embora não seja ilegal ou necessariamente inapropriado, reconhecemos que a campanha de Campanha Organizada da Sociedade Pathfinder inclui temas que podem resultar em situações desconfortáveis surgindo na mesa de jogo. Nessas instâncias, solicitamos que os jogadores mostrem o problema para o Mestre de Jogo (MJ) da mesa, seja vocalmente ou passando uma mensagem. Pedimos aos MJs que ajudem a mesa a respeitar a sensibilidade dos participantes e a reduzir ou redirecionar temas problemáticos uma vez que sejam identificados. Os participantes solicitados a interromper qualquer comportamento problemático devem obedecer imediatamente ou serão convidados a deixar a mesa. Mais orientações para os MJs resolverem essas situações são apresentadas em Variação de Mesa.

Nossa intenção é de que todos os participantes da Campanha Organizada da Sociedade Pathfinder apreciem jogar em um ambiente seguro e divertido. Embora possam surgir conflitos entre os personagens, em nenhum momento um jogador deve se sentir excluído ou ameaçado na mesa. Pedimos a todos os participantes que respeitem seus companheiros jogadores e que trabalhem juntos para criar experiências positivas e memoráveis. As orientações acima mencionam como podemos alcançar os nossos objetivos. Ao sentar-se à mesa da Sociedade Pathfinder, todos os participantes concordam com os termos e condições da Campanha Organizada da Sociedade Pathfinder.

Não Trapaceie

Mantenha a integridade do jogo e não trapaceie. Isso inclui, mas não se limita a, falsificar rolagens, alterar fichas de Crônica, usar recursos não aprovados, não possuir as fontes usadas pelo seu personagem e mentir para os MJs e coordenadores de evento. Os participantes flagrados trapaceando serão impedidos de participar dos eventos da Sociedade Pathfinder por um período de tempo dependente da gravidade da trapaça. Os ofensores reincidentes serão banidos da Sociedade Pathfinder e outros programas de Campanha Organizada da Paizo.

Mantenha Registros Precisos

A Sociedade Pathfinder utiliza fichas de personagem e fichas de Crônica para acompanhar a progressão de um personagem. MJs e coordenadores de evento contam com esses documentos para manter a campanha honesta, justa e divertida para todos. É sua responsabilidade manter registros precisos. Sempre traga cópias em papel ou digitais da sua ficha de personagem e de todas as fichas de Crônica de qualquer personagem que você deseje utilizar para jogar nos eventos da Sociedade Pathfinder. Se utilizar cópias em papel, sugerimos manter todas juntas em uma pasta, com uma divisória para cada personagem.

Sem Combate entre Personagens Jogadores

O lema da Sociedade Pathfinder é “Explorar, reportar e cooperar”. Para estar de acordo com a parte de “cooperar”, não entre em conflitos com outros PJs. Disparos acidentais podem acontecer (devido a falhas nas rolagens de ataque ou outros fatores), mas é necessário que todos os jogadores estejam de acordo antes de seus personagens serem, deliberadamente, incluídos nos efeitos de dano. Nesses casos, o jogador que estiver causando o dano deve se oferecer para ajudar com os custos de cura. Esta regra não se aplica a situações em que um personagem não está agindo por conta própria, como quando estiver sendo controlado mentalmente por um PdM e for forçado a atacar um companheiro Pathfinder.

Liderança de Campanha

De tempos em tempos, serão necessárias decisões adicionais. É nossa intenção que todas as decisões, eventualmente, sejam compiladas neste guia ou em outros documentos de esclarecimento. Entretanto, enquanto isso não acontece, as decisões da liderança de campanha nos fóruns ou pessoalmente *são* obrigatórias.

Atualmente, as pessoas com autoridade para emitir decisões para a campanha da Sociedade Pathfinder (Segunda Edição) são Linda Zayas Palmer (Desenvolvedora Líder de Campanha Organizada), Tonya Woldridge (Gerente de Campanha Organizada) e Michael Sayre (Desenvolvedor de Campanha Organizada para Pathfinder – Segunda Edição). Os esclarecimentos de outras campanhas e de seus gerentes de campanha não se aplicam à campanha de Campanha Organizada da Sociedade Pathfinder (Segunda Edição), a menos que confirmados por um dos indivíduos acima.

Implementando Mudanças

Às vezes, seja por meio de erratas ou esclarecimentos de campanhas, são feitas alterações nas regras imediatamente antes de uma convenção, dia de jogo ou outro evento de jogo. Nessas situações, se o jogador não tiver tempo ou acesso a recursos para corrigir seu personagem, é possível esperar até depois do evento para aplicar as mudanças. MJs devem anotar este atraso na seção notas da ficha de Crônica. Os jogadores devem atualizar seus personagens depois do evento.

Retornar a: Guia de Jogo da Sociedade Pathfinder (Segunda Edição)

Registro de Alterações
0.08 – atualização de Orientações de Compra, regras de ficha de Crônica e esclarecimento de quem pode criar regras para a campanha.

Related Entries